melhores tênis com placa de carbono

Tênis com Placa de Carbono: Os 10 Melhores Feminino e Masculino

Quer melhorar seu desempenho e velocidade nas suas corridas de rua? Separamos os melhores tênis com placa de carbono, nylon e grafeno para dar um impulso extra nos treinos e provas!

Corredores estão sempre em busca de mais desempenho, velocidade, quebrar recordes pessoais e subir no pódio. Durante anos as melhores marcas como Nike, Adidas, Asics, New Balance, Hoka, Fila, Olympikus, buscaram melhorar seus tênis para atletas de elite.

Esses super tênis ganharam popularidade após Eliud Kipchoge e Mo Farah quebrarem recordes em maratonas ao redor do mundo.

Antes os tênis com placa de carbono eram acessíveis apenas para a elite do esporte, maratonistas e corredores veteranos. Agora, é possível para qualquer corredor adquirir e começar a aproveitar o desempenho oferecido por esses tênis de placa.

Ao contrário do que muitos pensam, qualquer corredor pode se beneficiar de um tênis com placa. Apesar de levar um curto tempo para acostumar-se com a nova sensação de corrida, quando se acostumar, desejará ter corrido com eles antes!

Geralmente eles são caros, por isso, adicionamos também alguns tênis com placa baratos. Estes, invés de utilizarem placa de fibra de carbono, utilizam outros materiais similares, como grafeno, nylon, etc.

Está com pressa? Confira os melhores tênis com placa de carbono que escolhemos em 2022 e vendidos no Brasil.

Como escolher um tênis com placa de carbono?

Infográfico com estrutura de um tênis com placa de carbono entre as espumas na entressola
A placa de carbono fica sanduichada entre as espumas na entressola, permitindo que a placa comprima e retorne mais energia.

O melhor tênis com placa de carbono será aquele com o melhor projeto, com cabedal leve e respirável, espuma que potencializa o efeito da placa, solado antiderrapante, suporte para os pés e estabilidade para os tornozelos.

Na hora de escolher deverá ter em mente qual a sua necessidade e preferências. Quer um tênis para treino ou provas? Prefere conforto ou leveza? Placa flexível ou rígida?

Se este for seu primeiro tênis com placa, opte por versatilidade e custo-benefício. Afinal, pode ser que você não adapte e deixe de usar um tênis que é mais caro.

Um tênis como o Nike ZoomX Next% 2 apesar de ser usado por corredores de elite nos treinos, pode servir muito bem para treinos e provas para um corredor amador.

Conforto não é o ponto forte dos tênis com placa rígida, por isso, se for seu desejo conforto e desempenho, opte por tênis com placas flexíveis, como de grafeno ou nylon. Felizmente, em ambos você terá leveza.

A placa flexível é recomendada para corredores iniciantes, recreacionais, amadores e até veteranos que estão migrando agora para os super tênis. Afinal, tem certa flexibilidade e permite movimentação natural desde a aterrissagem até a decolagem.

Placas rígidas são mais eficientes e com melhor desempenho por usar o sistema de alavanca para impulsão. Entretanto, exige maior tempo de adaptação, já que mudará como você corre (biomecânica da corrida).

Quais são os melhores tênis com placa de carbono para corrida?

Atletas amadores e profissionais numa prova de corrida de rua
Dentre tantos modelos para você participar de provas de corrida de rua com máximo de desempenho, quais foram escolhidos para nossa lista dos melhores?

O melhor tênis com placa de carbono é o Nike Vaporfly Next% 2, pois está a mais tempo no mercado e já passou por iterações que o deixou mais agradável para a maioria dos corredores.

Quando o VaporFly Next% foi lançado em 2017, era praticamente um protótipo, então muitos atletas tinham motivos para não gostarem da sensação de corrida. Hoje é elogiado até por corredores amadores que correm com ele.

É claro, que nossa lista contém mais opções de tênis com placa de carbono, nylon e grafeno das melhores marcas. São eles:

1. Nike ZoomX Vaporfly Next% 2

Nike ZoomX Vaporfly Next% 2
Nike ZoomX Vaporfly Next% 2: O Melhor Tênis com Placa de Carbono 2022

O Nike ZoomX Vaporfly Next% 2 é o tênis com placa a ser batido pela competição. É o mais desejado e popular, não é incomum você ver vários atletas em maratonas correndo com ele, e não é somente por ser bonito, é o tênis mais leve e responsivo da Nike.

A combinação perfeita da placa de fibra de carbono com espuma Nike ZoomX o deixa confortável, leve e ágil. Na numeração padrão já calça os pés com suporte e estabilidade, sem incômodos.

É um tênis que recomendamos para provas, pois sua durabilidade não é das melhores. Por isso, use quando quiser aproveitar ao máximo o desempenho do Vaporfly Next%. Enquanto usa outro tênis para seus treinos diários, como o Nike Zoom Fly 5.

Características do tênis:

  • Drop: 8 mm
  • Peso: 195g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Padrão
  • Prós: Responsividade e leveza
  • Contras: Baixa durabilidade e preço alto
  • Recomendado para treinos e provas.

2. Nike Air Zoom Alphafly Next%

Nike Air Zoom Alphafly Next%
Nike Air Zoom Alphafly Next%: O Mais Rápido e Desejado

O Nike Air Zoom Alphafly Next% é o tênis que atletas de elite usam em suas provas, ao menos os que desejam quebrar recordes e subir no pódio.

Utiliza materiais leves, como o cabedal Atomknit fino e respirável, e a placa de carbono sanduichada entre a espuma ZoomX e 2 unidades Zoom Air para maior impulsão.

É o tênis criado com a ajuda do maratonista queniano recordista mundial Eliud Kipchoge. Não fará você correr como ele, mas com certeza terá nos seus pés o tênis mais cobiçado, raro e que entrega o máximo de desempenho que você conseguir tirar.

Com esse tênis, ele conseguiu atingir um pace de 2m53/km, imagine terminar uma prova de 5K em apenas 13 min. Incrível não é mesmo? Se for participar de competições oficiais, esse modelo atende às diretrizes da World Athletics.

Recomendamos esse tênis apenas se você quer o melhor dos melhores e pode pagar o preço. É um tênis rápido, que exige experiência e preparo físico para ser aproveitado 100%. Ele te impulsionará para correr rápido, mesmo se você não quiser.

Características do tênis:

  • Drop: 4 mm
  • Peso: 249g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Padrão
  • Prós: Estável, responsivo, leve
  • Contras: Extremamente caro, durabilidade, rara disponibilidade
  • Recomendado para provas e maratonas.

3. Adidas Adizero Adios Pro 3

Adidas Adizero Adios Pro 3
Adidas Adizero Adios Pro 3: Desempenho e versatilidade

O remodelado Adidas Adizero Adios Pro 3 está mais estável, confortável e responsivo que o modelo anterior (Adios Pro 2). Entretanto, ficou mais caro e pesado, em compensação está adequado para mais corredores.

É versátil comparado aos dois primeiros da Nike, apresentando melhor durabilidade. Assim sendo, poderá usá-lo tanto em seus treinos diários em preparação para a prova quanto no dia da prova.

Assim como outros tênis para competição, esse apresenta um cabedal fino, leve e respirável. A placa de carbono entra a espuma Lightstrike Pro o deixou com ótima resposta, dando sensação de correr com molas nos pés.

Recomendamos o Adidas Adizero Adios Pro 3 como o melhor tênis com placa de carbono da Adidas. Entretanto, a forma é estreita, por isso, peça um número maior e experimente para ver se fica do seu agrado.

Características do tênis:

  • Drop: 6 mm
  • Peso: 247g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Estreita
  • Prós: Estabilidade, responsividade, versatilidade
  • Contras: Preço alto, disponibilidade, forma estreita
  • Recomendado para treinos/provas de longa distância e maratonas.

4. New Balance Fuelcell RC Elite V2

New Balance Fuelcell RC Elite V2
New Balance Fuelcell RC Elite V2: Confortável e rápido

A New Balance provou com o Fuelcell RC Elite V2 que é possível ter um tênis com placa de carbono confortável. A espuma FuelCell usada nesse modelo tira o preconceito de que é impossível usar tênis com placa no dia a dia.

Essa entressola alta o deixa menos estável, principalmente em curvas, requerendo atenção. Porém, garante uma experiência de corrida agradável em um ritmo (pace) estável, absorvendo os impactos com notável retorno de energia.

Recomendamos o New Balance Fuelcell RC Elite V2 para provas longas como meia-maratonas e maratonas. Enquanto a versão mais em conta, New Balance Fuelcell TC para seus treinos, já que a durabilidade do RC Elite V2 poderia ser melhor.

Características do tênis:

  • Drop: 8 mm
  • Peso: 225g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Padrão
  • Prós: Conforto, impulsão e velocidade
  • Contras: Instável, preço, durabilidade
  • Recomendado para treinos e provas onde velocidade e conforto são essenciais.

5. Asics Metaspeed Sky+

Asics Metaspeed Sky+
Asics Metaspeed Sky+: O mais ágil da Asics

O Asics Metaspeed Sky+ é o tênis que muitos escolhem para velocidade e provas rápidas como 5K e 10K. É leve, confortável, com sensação de corrida responsiva garantida pela espuma FF Turbo e placa de carbono.

Essa espuma FF Turbo utiliza em sua composição um composto de nylon, que aliado a placa de carbono o tornou um dos tênis com placa de carbono mais leves a venda no Brasil. Se quer quebrar recordes pessoais em provas curtas, é o tênis que deve comprar.

Há 2 versões do Asics Metaspeed, Sky+ e Edge+, esse que escolhemos é para corredores STRIDE. Que para acelerar o pace, fazem uma marcha maior, tendo passadas largas, mas sem aumentar o número de passos por minuto.

Já o Edge+ é para os corredores de cadência alta, que aumenta tanto a largura da passada quanto o número de passos por minuto para correr mais rápido.

Sendo assim, não é indicado para corredores inexperientes, já que você deverá optar pelo tênis com placa da Asics que mais condiz com seu estilo de corrida, seja ele STRIDE ou CADÊNCIA.

Características do tênis:

  • Drop: 5 mm
  • Peso: 209g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Padrão
  • Prós: Leve, excelente propulsão
  • Contras: Durabilidade, requere adaptação
  • Recomendado para corridas curtas (5K e 10K), meia-maratonas e maratonas.

6. Hoka Carbon X3

Hoka Carbon X3
Hoka Carbon X3: Melhor para ultra maratonas

Os tênis Hoka são conhecidos pelo conforto e amortecimento maximalista, e o Hoka Carbon X3 não foge da regra. É confortável e versátil, podendo ser usado mesmo no dia a dia, mais até que o Fuelcell RC Elite.

A entressola com espuma macia e placa de carbono da Hoka não tem a mesma responsividade de outros da lista. Por isso, está na lista, como opção se você busca um tênis com placa de carbono que seja confortável para correr em treinos/provas e possa usar casualmente.

Recomendamos o Hoka One Carbon X3 se quer um tênis com placa de carbono com estabilidade e conforto. É mais adequado para ultramaratonas onde velocidade não é o foco, e sim, terminar a prova.

Características do tênis:

  • Drop: 5 mm
  • Peso: 240g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Padrão
  • Prós: Conforto, versátil, estabilidade, preço
  • Contras: Pouco responsivo
  • Recomendado para treinos, provas, ultramaratonas.

7. On Running Cloudboom Echo

On Running Cloudboom Echo
On Running Cloudboom Echo: Robusto, mas flexível

O Cloudboom Echo oferece uma rodagem firme e responsiva, seu formato abaulado potencializa o retorno de energia da placa. É ideal para corredores rápidos, em busca de desempenho e velocidade.

Estabilidade e eficiência foram escolhidas no lugar de amortecimento, por isso, não espere a rodagem mais macia. Colocamos na lista por conta de seu cabedal espaçoso, uma opção para corredores com pés largos que querem um tênis com placa, ótimo projeto da On Running.

Recomendamos o On Cloudboom Echo para corredores com pés largos e corridas onde desempenho e velocidade são importantes. Apesar de usar placa de fibra de carbono, é flexível, permitindo que sua passada seja natural, mas com maior retorno de energia.

Características do tênis:

  • Drop: 9 mm
  • Peso: 227g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Padrão
  • Prós: Firme e estável, espaçoso
  • Contras: Pouco amortecimento, preço alto
  • Recomendado para provas e treinos que velocidade é melhor que amortecimento.

8. Fila Racer Carbon

Fila Racer Carbon
Fila Racer Carbon: O melhor custo-benefício

O Fila Racer Carbon é o tênis com placa de carbono barato que recomendamos nessa lista. É possível encontrá-lo em oferta no mesmo preço de tênis tradicionais, quando outros da lista custam até R$ 2399.

Ele oferece a experiência buscada por quem nunca correu com tênis de placa, mas por uma fração do preço. Sua entressola com placa Speed Tech é rígida e eficiente em te deixar mais rápido enquanto reduz seu gasto energético.

Recomendamos o Fila Racer Carbon se quer um tênis com placa de fibra de carbono barato e eficiente. A sensação de corrida foi elogiada por corredores, influencers e surpreende quando comparado a tênis que custam o dobro do valor.

Características do tênis:

  • Drop: 6 mm
  • Peso: 215g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Padrão
  • Prós: Responsividade (efeito trampolim), respirabilidade, leveza, preço
  • Contra: Durabilidade
  • Recomendado para corridas de velocidade, meia-maratonas e maratonas.

9. Olympikus Grafeno

Olympikus Corre Grafeno
Olympikus Corre Grafeno: Amigável para iniciantes

O Olympikus Grafeno utiliza composto de grafeno, que apesar de ser carbono é mais flexível. Dá a corredores amadores um gostinho do retorno de energia, mas nada comparado a placas mais rígidas.

Ainda assim, a nova espuma ELEVA que aliada a placa de grafeno impulsiona você a correr mais rápido. Em partes por conta do formato abaulado, que te empurra para a frente com sensação de estar correndo mais rápido com ele (e com amortecimento!).

Recomendamos o Olympikus Grafeno se está em busca de um tênis com placa de carbono mais barato, flexível e confortável. Ao contrário dos outros na lista, a placa flexível permite que você continue correndo do seu jeito, sem mudar sua marcha para adaptar a placa.

Características do tênis:

  • Drop: 6 mm
  • Peso: 272g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Larga
  • Prós: Cabedal espaçoso, flexível, conforto, preço
  • Contras: Pesado para um tênis de placa
  • Recomendado para corredores amadores e iniciantes que querem um tênis com placa versátil e menos rígido nos pés.

10. Fila Racer Silva

Fila Racer Silva
Fila Racer Silva: Bom e barato

O Fila Racer Silva é um tênis com placa de nylon, que oferece propulsão (retorno de energia) para suas corridas, enquanto mantém o conforto (maciez) dos tênis tradicionais. Não tem tanta impulsão quanto placas de carbono rígidas, mas é perfeito se quer conforto e resposta.

A combinação da espuma macia (maior absorção de impacto) e a placa de nylon flexível, não combinam para garantir máximo de propulsão. Porém, a proposta não foi o máximo de responsividade, para isso eles têm o Fila Racer Carbon.

No Racer Silva você terá o melhor de dois mundos em um tênis com placa de nylon barato, propulsão e amortecimento. Por isso, recomendamos o Fila Racer Silva se é um corredor iniciante ou amador que gosta de amortecimento e flexibilidade, é um dos melhores tênis da Fila.

Características do tênis:

  • Drop: 10 mm
  • Peso: 315g
  • Pisada: Neutra
  • Forma: Larga
  • Prós: Preço, conforto, durabilidade
  • Contra: Peso, menos ágil
  • Recomendado para regenerativo, longões, meia-maratonas e maratonas.

O que é tênis de placa de carbono?

tênis nike azul com entressola dissecada mostrando a placa de carbono
A placa de polímero de fibra de carbono deve ter um formato especial (em forma de colher) para ajudar na impulsão do corredor.

Tênis com placa de carbono é um calçado que utiliza em sua entressola uma placa de polímero de fibra de carbono. Procura além de estabilizar a passada, reduzir a perda de energia e aumentar a impulsão, melhorando a velocidade e desempenho do atleta.

Esses super tênis são tão eficazes, que a World Athletics (antiga IAAF) criaram regras para que eles possam ser utilizados em provas oficiais. Já que podem dar vantagem sobre outros atletas que estão correndo com tênis mais tradicionais, os sem a placa.

Para correr uma maratona oficial com tênis de fibra de carbono, o tênis deverá estar à venda a mais de 4 meses, ter entressola com menos de 40 mm de altura e somente uma placa de qualquer material incorporada nela (carbono, nylon, grafeno).

A Nike foi a primeira fabricante a lançar um tênis com placa de carbono, usada por Eliud Kipchoge na maratona de Londres em 2019.

Atualmente, várias fabricantes têm suas versões com placa, e algumas usam materiais mais em conta para tornar acessível a todos. A Fila com placa de nylon, e a Olympikus com a placa de Grafeno.

Tênis com placas de carbono fazem alguma diferença na corrida?

Maratonista de elite Eliud Kipchoge correndo maratona com Nike Alphafly Next%.
Eliud Kipchoge (na foto) conseguiu quebrar recordes utilizando o Nike Alphafly com placa de carbono.

Muitos profissionais de saúde dizem não haver necessidade de usar um tênis com fibra de carbono para corrida. Entretanto, atletas de elite e maratonistas que correm com tênis com placa dizem ajudar muito nos quilômetros finais das provas.

Dessa forma, apenas quem corre uma maratona com tênis tradicionais e depois experimentam correr uma prova com tênis com placa saberá dizer se faz ou não diferença para ele(a). Na maioria dos testes é notável o maior retorno de energia e impulsão.

Dito isso, podemos dizer que sim, podem fazer toda diferença na corrida, principalmente em maratonas. A ajuda proporcionada pela placa na impulsão (toe-off) melhora a mecânica da corrida, assim você gasta menos energia e corre mais rápido.

É importante dizer que tênis com placa rígida podem mudar sua marcha na corrida. Por isso, a migração a partir de um tênis tradicional deve ser feita de forma gradual.

Comece usando-os em curtas distâncias para que sua musculatura e ligamentos adaptem aos novos padrões de biomecânica exigidos pelos tênis de placa.

Vantagens dos tênis com fibra de carbono

Detalhes do tênis Nike Alphafly com duas unidades Air Zoom na parte frontal e cabedal atomknit.
A vantagem competitiva de quem usa tênis com placa em competições oficiais é visível em atletas profissionais e de elite.

Os tênis com fibra de carbono têm algumas vantagens ante os tradicionais, são mais leves, entregam mais retorno de energia e velocidade. Eles ajudam principalmente em maratonas e corridas mais longas, onde as pernas cansam e toda ajuda é bem-vinda.

Não quer dizer que não conseguirá correr com eles em provas mais curtas, como 5K e 10K. Mas beneficiam atletas de provas longas, como maratonas, onde corredores tem que manter um ritmo (pace) rápido e correrão por várias horas.

Tênis com placa de carbono tem entressolas rígidas, com flexibilidade quase nula. Ao tentar dobrar um tênis com placa, sentirá o efeito do polímero de carbono na impulsão, fazendo uma força contrária à sua aplicada.

Nos pés, ajuda na eficiência mecânica mantendo as articulações dos dedos tensionadas, prevenindo que eles dobrem durante o processo de rolagem na passada. Como é altamente reativo, ele retorna parte dessa energia como impulsão (responsividade).

Com o devido preparo e forma de marcha adequado, o corredor consegue aumentar sua velocidade/ritmo entre 3 e 4%. Alguns corredores dizem conseguir diminuir em vários minutos o tempo para completar uma maratona de 42 km.

Foi exatamente esse o feito de Eliud Kipchoge, o primeiro a correr com o VaporFly 4% e então com o Nike Alphafly Next%. Com eles, conseguiu quebrar o recorde mundial e se tornou a primeira pessoa a completar a maratona de 42,195 km em menos de 2 horas.

Não apenas homens conseguiram quebrar recordes usando tênis para corrida com placa de carbono. Brigid Koskei superou o recorde de Paula Radcliffe completando a maratona de Chicago em apenas 2:14:04s, 81 segundos mais rápida que no último recorde.

Desvantagens dos tênis com fibra de carbono

tênis com espuma desgastada
O preço elevado aliado ao desgaste prematuro da espuma deixam os tênis de placa com péssimo custo-benefício.

Dentre as principais desvantagens dos tênis com fibra de carbono estão o preço elevado, menor durabilidade, maior risco de lesões, alguns modelos são proibidos em competições e apenas alguns atletas correm rápido o suficiente para aproveitar suas vantagens.

Apesar de ter alguns tênis com placas similares ao carbono que oferecem experiência similar, o polímero de carbono é único. Os tênis com placa de carbono listados aqui custam entre R$ 899 até R$ 2399.

Outra desvantagem é a falta de flexibilidade, que compromete no conforto. Tênis com placa para competição são para uso no dia da prova. É difícil caminhar com eles no dia a dia pela falta de flexibilidade.

Outro ponto negativo dos tênis com placa é a durabilidade, embora os novos modelos tenham melhorado bastante nesse aspecto. A durabilidade continua baixa comparado a tênis tradicionais, com perda eficiência ao atingir entre 250 e 300 km rodados.

Corredores sem muita experiência ou desenvolvimento muscular podem ter problemas com lesões. A estrutura rígida da entressola com placa de carbono, apesar de reduzir a flexão das articulações do tornozelo, coloca tensão no tendão de Aquiles, metatarsos e falanges dos pés.

Exige um tempo de adaptação, já que muda a biomecânica de corrida em corredores amadores. Caso esteja acostumado a aterrizar com os calcanhares, terá que mudar sua marcha para obter o máximo de desempenho.

A mágica dos tênis com placa está no tempo de contato com o solo, ou seja, quanto menor o tempo de contato dos pés com o solo, maior a sua velocidade. Se seu ritmo (pace) é acima de 4:00/km, haverá poucos benefícios em usar um tênis com placa de carbono.

O que é placa de grafeno?

Olympikus Corre com placa de Grafeno
Grafeno é um material leve e resistente que forma a placa de carbono usada no Olympikus Corre Grafeno.

Placa de grafeno é o material utilizado no primeiro tênis com placa da Olympikus, o Olympikus Corre Grafeno. Esse material é constituído por uma fina camada de grafite, porém, com uma estrutura hexagonal com átomos individuais distribuídos formando uma camada de carbono.

É considerado por cientistas um material revolucionário, tão quanto o plástico e o silício, com várias utilidades que vão além do uso em artigos esportivos. Sua resistência é cogitada ser 200 vezes mais forte que o aço, sendo ainda leve e fino.

Dessa forma, a Olympikus criou o primeiro tênis do mundo com placa de grafeno. Lançado por R$ 699, custa menos que outros calçados com placa que acima de R$ 899. Uma vitória para corredores brasileiros e a indústria nacional.

Não cabe a nós falarmos das propriedades e aplicações do Grafeno, conheça mais sobre esse material no Canaltech e principalmente seus usos na tecnologia.

O que é placa de nylon?

Fila Racer Silva com placa de Nylon
O Fila Racer Silva é um dos tênis com placa de nylon.

A placa de nylon é utilizada por alguns fabricantes como alternativa ao polímero de carbono. É um material resistente com ótimo retorno de energia para corredores em busca de desempenho, está presente no tênis Fila Racer Silva.

Esse termoplástico tem alta resistência mecânica, mas não tão rígido quanto as placas fibra de carbono. Por isso, é um material mais recomendado para treinos e corredores que querem desenvolver sua mecânica de corrida para depois usar um tênis com placa rígida.

Para que serve a placa de carbono no tênis?

ilustração mostrando como funciona o sistema de alavanca proporcionado pela placa de carbono nos tênis
A placa de carbono é mais firme, fazendo uma alavanca com retorno de energia após o calcanhar tocar o solo, impulsionando a decolagem (toe-off).

Uma placa de carbono nos tênis serve para ajudar a espuma na entressola comprimir e expandir mais rápido. Com isso, há mais reatividade e retorno de energia para o corredor, resultando em menor gasto energético e mais velocidade durante a corrida.

Além disso, a placa rígida reduz a flexão das articulações dos tornozelos, impulsionando para frente com menos esforço de sua parte. Solados mais firmes aliados a placa ajudam na estabilidade dos tornozelos e dedos, diminuindo o gasto calórico em provas mais longas.

As placas de carbono flexíveis beneficiam corredores mais rápidos e com menor tempo de contato dos pés no solo. Já que a mecânica funciona de forma diferente a placa rígida, aqui é a flexão da placa que te impulsiona para correr mais rápido, não a rigidez da placa.

Se você for um corredor de longa distância, maratonista, o tênis com placa serve para te dar um empurrão quando as pernas já estão cansadas. Ele e a força de vontade te ajudarão a concluir a prova.

Usar tênis com placa para correr maratonas poderá reduzir alguns minutos do seu tempo e terminar a prova com quem sabe, batendo um recorde pessoal. Para isso, terá que treinar com acompanhamento e ter nutrição adequada para provas dessa magnitude.

Conclusão, vale a pena comprar tênis com placa de carbono?

Pessoas usando tênis para corrida das mais variadas marcas, asics, nike, new balance, adidas.
Vale a pena gastar até R$ 2399 em um tênis com placa de carbono?

Caso seja um corredor veterano com pace por volta de 4 minutos por quilômetro, um tênis com placa poderá te ajudar a diminuir seu tempo de prova. Inclusive superar recordes pessoas em provas de qualquer distância, 5K, 10K, meia-maratonas e maratonas.

Outro ponto é a questão do preço, tênis com placa não tem o melhor custo-benefício quando comparados até com os melhores tênis tradicionais sem placa.

Afinal, mesmo que tenham preços similares, os de placa tendem a perder a eficiência mais cedo por usar materiais mais leves e menos duráveis em sua construção.

Enquanto com um excelente tênis para corrida você conseguirá percorrer de 800 a 1000 km, com um de placa dificilmente durará mais que 300 km com a mesma sensação ao tirar da caixa.

Sendo assim, recomendamos os tênis com placa de polímero carbono para atletas apaixonados pela corrida, que treinam toda semana, competem e querem superar seus recordes em cada prova e maratona.

Caso você seja um corredor amador, que ama correr e quer ter a sensação de corrida com impulsão proporcionada pelo tênis com placa, opte por mais baratos, como o Olympikus Grafeno, Fila Racer Silva e Fila Racer Carbon.

Podemos dizer que os tênis com placa vieram para ficar, então inevitavelmente você apaixonado por corridas de rua terá o prazer de correr com um mais rápido do que imagina.